O que parecia mais uma fakenews divulgada nas redes sociais, infelizmente se tornou verdade. A prefeitura de Manaus confirmou que a partir de hoje todos sepultamentos realizados no cemitério do Tarumã, na zona Oeste de Manaus, serão feitos com caixões colocados em cima de outros, numa ampla cova coletiva.

A triste medida tornou-se necessária devido o grande número de sepultamentos. Segundo a secretaria de Limpeza Pública de Manaus, que administra os cemitérios públicos da capital, o enterro de caixões em cima de outros caixões tornou-se necessário porque o local pode, em breve, ficar sem espaço para sepultamentos.

Com a mudança, a cova que receberia um caixão, agora receberá três colocados um sobre o outro. Uma folha de compensado  ficará entre as urnas funerárias. A medida tornou impossível a colocação de lápides ou construção de jazigos individuais em homenagem aos mortos.

Dezenas de famílias que foram ontem ao cemitério se despedir de familiares ou amigos foram pegos de surpresa pela mudança. A cena de caixões amontados gerou revolta, obrigando a administração do cemitério a chama a Polícia Militar.