No último ano, foi registrado um crescimento de 30% nos pedidos de visto permanentes de imigrantes vindos do Brasil; qualidade de vida, aliada a uma melhor remuneração tem atraído profissionais.

Segundo dados de uma empresa que faz assessoria imigratória, no último ano, foi registrado um crescimento de 30% nos pedidos de visto permanentes de brasileiros para os Estados Unidos. Os pedidos são para o EB-2. Esse Green Card geralmente é concedido para quem tem um bacharelado e pelo menos 5 anos de experiência em área que os Estados Unidos tem déficit de profissionais e interesse de mão de obra, que são: ciência, tecnologia, engenharia e matemática. Wagner Pontes, que é CEO da empresa, relata que qualidade de vida, aliada a uma melhor remuneração tem atraído cada vez mais brasileiros. “Dependendo da área desse profissional, você tem condições aqui, falando de remuneração, muito mais atrativas do que no Brasil. Em algumas áreas, as empresas praticamente brigam por esses candidatos. Hoje, o ultimo gráfico de 2020 da US-AS reporta que 7% de todos os Green Cards vão para os brasileiros’”, diz Pontes. A mudança de governo de Donald Trump para Joe Biden trouxe impactos na imigração nos Estados Unidos. Logo nos primeiros dias, a postura de Biden foi de autorizar diversas situações humanitárias como pedidos de asilo e refugio. Também há um olhar diferente para o imigrante com carreira profissional que possa contribuir com o mercado de trabalho. Para este ano, para esta categoria, estarão sendo disponibilizados pelos menos 100 mil vistos a mais do que em 2020, quando foram concedidos 140 mil vistos.

Fonte: JP Noticias