País só é ultrapassado pela Etiópia, Índia, Bangladesh e Nigéria, de acordo os dados do Fundo Nacional para a Infância.

O Brasil está atualmente no quinto lugar no ranking internacional de casamentos infantis, de acordo dados do Fundo Nacional para a Infância. Estava em quarto lugar até o ano passado, mas foi ultrapassado pela Etiópia. Os campeões da lista são Índia, Bangladesh e Nigéria.

A ONG Plan International Brasil está em campo para atualizar os dados da pesquisa “Como é ser menina no Brasil”, de 2015. Segundo informações do jornal O Globo, no último levantamento, foi descoberto que cerca de 3 milhões de meninas entre 6 e 15 anos enfrentavam os desafios de uma vida adulta, antes do tempo, antes mesmo de brincar como crianças. Desta vez, o foco do levantamento são as jovens entre 14 e 19 anos.

Os pesquisadores localizaram as mesmas personagens da última pesquisa, além de novas vítimas. O levantamento será concluído em outubro.

No país, nem com a autorização dos pais, adolescentes menores de 16 anos têm direito ao casamento civil e religioso desde a aprovação da Lei 13.801, de 2019, que alterou o artigo 520 do Código Civil.

Fonte: Metrópoles