Supremo exige carteira de vacinação contra a doença ou a apresentação de exame RT-PCR; evento será realizado nesta quinta-feira, 16.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) testou negativo para a Covid-19 e confirmou presença na posse de André Mendonça no Supremo Tribunal Federal (STF), que será realizada na quinta-feira, 16. O exame do chefe do Executivo foi enviado à Corte pela equipe médica da Presidência nesta quarta-feira, 15. Isso porque o Supremo exige carteira de vacinação contra a doença ou a apresentação de exame RT-PCR negativo feito até 72 horas antes da entrada nos prédios da Corte “a fim de conter a disseminação da Covid-19”. O ex-advogado-geral da União, indicado pelo presidente para ocupar a vaga do ministro Marco Aurélio Mello, foi aprovado pelo Senado Federal no último dia 1º. A indicação demorou quatro meses a ser apreciada no plenário da Casa por conta da recusa do presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Davi Alcolumbre (DEM-AP), em marcar a sabatina de Mendonça, passo necessário antes da votação do nome acontecer.

Fonte: JP Notícias