O retorno das aulas presenciais para estudantes do ensino fundamental na rede pública em Manaus foi adiado.

 

Programada para esta segunda-feira (24), a volta dos alunos às escolas dependerá da liberação dos estabelecimentos pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) que avaliará os protocolos de segurança sanitária.

A Secretaria de Educação (Seduc) pretende reiniciar as atividades com 100% dos colégios seguros. São 107 unidades na capital.

A Secretaria também vai esperar resultados dos testes feitos pelos professores, que começaram na terça-feira, (18). Para a FVS, do ponto de vista epidemiológico é importante também garantir que, até o início das aulas, que contempla 100 mil estudantes e mais de cinco mil profissionais, tenha sido testado o maior número de servidores.

De acordo com o secretário de Educação em exercício Luis Fabian Barbosa, a medida é necessária para salvaguardar a saúde dos profissionais e estudantes.

“Embora mais de 60% das escolas de ensino fundamental da cidade já estejam devidamente preparadas para o reinício das aulas, temos encontrado alguma dificuldade com a disponibilidade de insumos para a adequação da estrutura física dos outros 40% das escolas. Em razão disso, nós precisamos adiar o reinício das atividades para salvaguardar o bem maior, que é a segurança e o bem-estar de alunos e trabalhadores da educação”, destacou.

As aulas do ensino médio começaram no último dia 10 de agosto. As atividades estão mantidas, uma vez que as escolas já foram avaliadas pela FVS e se encontram de acordo com os protocolos de saúde definidos para o funcionamento das instituições de ensino.

Fonte: Portal Direto ao Ponto