Shopping do Artesanato e Economia Solidária também seguirá fechado até 5 de fevereiro.

A Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setemp), órgão da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), informa que o atendimento presencial no Sistema Nacional de Emprego do Amazonas (Sine-AM) seguirá suspenso ao longo da próxima semana. Todos os serviços oferecidos pelo órgão serão realizados por meio do WhatsApp (92) 98433-5624 e do Portal do Trabalhador (www.portaldotrabalhador.am.gov.br).

A suspensão do atendimento presencial visa resguardar a saúde dos servidores e das pessoas que frequentam as dependências do local e evitar a disseminação da Covid-19. A Setemp ressalta que todos os departamentos da secretaria executiva estão trabalhando na modalidade do teletrabalho (home office).

De acordo com a titular da Setemp, Neila Azrak, o momento é de alerta e cuidado. “Pedimos a compreensão de todos, haja vista que daremos continuidade aos serviços através do WhatsApp e Portal do Trabalhador”, afirmou.

A Setemp informa ainda que, nesse mesmo período, o Shopping do Artesanato e Economia Solidária permanecerá fechado até o dia 5 de fevereiro. A medida se deve ao aumento dos casos das síndromes respiratórias no estado e visa resguardar a saúde dos permissionários, artesãos e clientes que frequentam o shopping.

O espaço, localizado na avenida Djalma Batista, 1.018, bairro Chapada, deve retornar às atividades no dia 7 de fevereiro, com funcionamento de segunda a sábado, no horário das 10h às 17h.

Atendimento – O Sine Amazonas suspendeu os atendimentos presenciais em março de 2020, em virtude do decreto governamental, para evitar a propagação do novo coronavírus, e retornou com os atendimentos agendados em março de 2021. Mais tarde, os atendimentos presenciais voltaram a ser feitos na sede da Setemp, sem a necessidade de agendamento.

Artesanato – O Shopping do Artesanato e Economia Solidária ficou fechado durante os períodos em que foi registrado aumento significativo dos casos de Covid-19 no estado, de modo a assegurar a saúde dos permissionários e clientes que frequentam o espaço, administrado pela Setemp.

Novas alterações serão informadas pelas redes sociais da Setemp no Instagram (_setemp) e facebook (setemp.am).

FOTOS:Mylena Matos/Setemp e Herick Pereira/Secom