A Assembleia Legislativa do Amazonas apresentou hoje (09) a lista com os 17 deputados que vão analisar o processo de impeachment do governador Wilson Lima e do vice-governador Carlos Almeida.

Dos 17 parlamentares, pelo menos 12 são da base de apoio ao governo do Estado. Os escolhidos são Alessandra Campelo (MDB), Doutor Gomes (PSC), Joana Darc (PL), Belarmino Lins (PP), Saulo Viana (PTB), Cabo Maciel (PL), Carlinhos Bessa (PV), Roberto Cidade (PV), João Luiz (Republicanos), Adjuto Afonso (PDT), Sinésio Campos (PT) e Therezinha Ruiz (PSDB).

No grupo que faz oposição ao governo estão os deputados Wilker Barreto (Podemos), Dermilson Chagas (Podemos), Fausto Jr. (PRTB), Felipe Souza (Patriotas) e Delegado Péricles (PSL).

O anúncio dos nomes foi feito na reunião de hoje, no plenário do Legislativo.

Na sexta-feira (10), a partir das 9h, os deputados se reúnem novamente para escolher o presidente e o relator da comissão de impeachment. Os parlamentares têm até a meia-noite para apresentar os nomes.

Com a escolha do presidente e relator, fica aberto o prazo de dez dias para que o governador e vice apresentem suas defesas à comissão.

Após receber a defesa, os deputados têm 10 dias para analisar os documentos e decidir pela aceitação ou não da admissibilidade das denúncias.

Com a conclusão do parecer, que pode ser favorável ou contrário, o documento será votado no plenário.

Para confirmar ou não o pedido de impeachment, são necessários no mínimo 13 dos 24 votos dos deputados que integram a Assembleia Legislativa.