A vítima é responsável pela assinatura do desfile deste ano da Gaviões da Fiel — principal torcida organizada do Corinthians e uma das escolas de samba do Grupo Especial de São Paulo. As agressões aconteceram após uma festa promovida na quadra da escola no último sábado (26), onde o artista foi encontrado sozinho em estado grave após a agressão.

O parintinense Zilkson Reis, carnavalesco da Escola de Samba Gaviões da Fiel, está em internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa em São Paulo, após sofrer uma agressão dentro do quarto e ambiente de trabalho na capital paulista. As informações são da advogada, Ana Claudia Vieiralves.

Segundo Vieiralves, Zilkson tinha uma reunião, por volta das 15h de segunda-feira (28), quando foi encontrado desacordado. “Soubemos que ele estava sozinho. As pessoas que o encontrariam para essa reunião o encontraram lesionado, porém, primeiramente o levaram para um hotel e depois ao hospital. Achamos até estranho que o levaram primeiro para um hotel”, disse a advogada.

O Boletim Médico de Zilkson de 10h desta terça-feira (29) atestou que ele está com um coágulo na cabeça e um pulmão perfurado.

Vieiralves também informou que o principal suspeito desta agressão é o diretor do Barracão da Gaviões da Fiel, Thiago Dionísio.

“Existem duas versões para este caso: uma que o Zilkson estaria com um serviço atrasado para a escola e outra que a namorada de Thiago teria se envolvido com Zilkson”, relatou a jurista.

O artista plástico Ito Teixeira informou à reportagem que uma prima de Zilkson está no hospital com a vítima, e que o Boi Garantido vai arcar com as passagens para duas irmãs de Zilkson.

Até o momento, a Gaviões da Fiel não se manifestou sobre o assunto.

Quem é Zilkson Reis

Nascido em Parintins, no Amazonas, Zilkson possui uma longa história na Gaviões da Fiel — tendo trabalhado na escola nos carnavais de 2009, 2010, 2011, 2014, 2015, 2016 e 2017. Além do trabalho em São Paulo, o carnavalesco também assina o trabalho do Boi Garantido no Festival Folclórico de sua cidade-natal.

Notas

A Associação Folclórica Boi-Bumbá Garantido (AFBBG), por meio, do presidente Antônio Andrade se solidariza profundamente com o artista, sócio, torcedor do Boi Garantido e acima de tudo: parintinense Zilkson Reis! Zilkson foi brutalmente agredido em São Paulo, onde se encontra prestando serviço para a escola de samba Gaviões da Fiel. Até o momento as informações dão conta de que Zilkson está internado na Santa Casa de São Paulo e seu quadro clínico, segundo fontes, é grave. A diretoria do Boi Garantido já se articula para, assim que possível, trazer Zilkson Reis de volta à sua terra para que aqui, em segurança, possa dar continuidade ao tratamento para sua plena recuperação. O Boi Garantido, como ente da arte, entende ainda que existem fóruns para dirimir dúvidas, responsabilidades e eventuais cobranças. A violência nunca foi e nunca será arena para solução de problemas. De nossa parte total repúdio à covardia da tortura e da agressão como instrumento das relações humanas.

O Boi-Bumbá Caprichoso também emitiu nota e informou que é defensor da cultura, do seu povo e sempre que houver violação de direitos ou violência contra qualquer pessoa que integra nossa manifestação cultural estaremos prontos para defendê-lo, cobrar atitudes e manifestar nossa revolta independente de cores. A diretoria do Boi Caprichoso, em nome do presidente Jender Lobato, do vice Karu Carvalho, do Conselho de Arte e da Nação Azul e Branca vem manifestar solidariedade ao artista parintinense Zilkson Reis, ex-colaborador do Caprichoso. Zilkson é um talento que em São Paulo se destaca ao longo de muitos carnavais. Atualmente é carnavalesco da Escola de Samba Gaviões da Fiel e é integrante do Boi Contrário. O estado de saúde do artista é delicado, mas acreditamos que tudo dará certo e que possa se recuperar logo para, em breve, brindar seus fãs, amigos e simpatizantes do Festival de Parintins com grandes obras.