Faltando 17 dias para o primeiro turno da eleição, a campanha política em Manaus continua fervendo por causa das acusações entre candidatos e pelas promessas surreais cujo objetivo é iludir os eleitores.

Quem entrou nas discussões sobre as promessas dos candidatos foi o prefeito de Manaus, Arthur Neto. Ele usou as redes sociais para criticar o candidato Ricardo Nicolau (PSD), que promete construir um hospital em 180 dias.

Na opinião de Arthur, Ricardo Nicolau mostra que não tem experiência em gestão pública. “São promessas fantasiosas cujo objetivo é enganar o eleitor. Construir um hospital em seis meses prova a inexperiência dele”, disse Arthur.

O prefeito lamenta a atitude de Nicolau em usar a pandemia do coronavírus como estratégia para conseguir votos. “Ele (Ricardo Nicolau) está usando o sofrimento da população e as mortes causadas pela pandemia como propaganda política para se eleger”, lamentou.

Nas redes sociais, Arthur lembra que o hospital de campanha de Manaus foi construído pela prefeitura, que transformou uma escola em unidade hospitalar. “Nicolau quer se apropriar do hospital de campanha, como ele tivesse construído tudo”, lamenta o prefeito. “Sem a prefeitura, o projeto não teria saído do papel”, ressaltou.

O hospital de campanha de Manaus começou a funcionar dia 13 de abril e recebeu 757 pacientes com Covid-19, numa parceria entre a prefeitura de Manaus e o grupo Samel, que pertence à família de Ricardo Nicolau.

Veja o vídeo:

Nos bastidores da campanha existe a suspeita que o candidato só aceitou atuar no hospital com a intenção de usar os atendimentos como propaganda durante a eleição.

A atuação de Nicolau é investigada pela Justiça Eleitoral, que pode impugnar a sua candidatura caso seja comprovado o uso do hospital de campanha como ‘trampolim político’.