Pausas nas negociações foram realizadas devido a informações de que presidente da empresa renunciou na manhã desta segunda e de que interino foi indicado.

As ações da Petrobras, negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), têm passado por um dia de grandes variações nesta segunda, 20: a negociação dos papéis foi interrompida duas vezes durante a manhã, após a renúncia do agora ex-presidente da empresa, José Mauro Coelho. Agora, as ações ordinárias (PETR3) e preferenciais (PETR4) operam em leve alta. O comunicado da Petrobras à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) notificando a mudança de comando foi publicado simultaneamente com a abertura do pregão; assim, a B3 suspendeu as negociações, até que os investidores digerissem a informação. As ações puderam ser negociadas a partir de 10h50, e tiveram forte queda na abertura, de 5%; contudo, com a informação de que Fernando Borges foi apontado como presidente interino da empresa, nova pausa foi determinada e durou entre 11h e 11h36, novamente para que a informação pudesse ser contabilizada.

Depois do retorno, as ações passaram a subir. No melhor momento, às 11h56, a PETR3 chegou a 0,85% de alta e estava cotada a R$ 30,35, enquanto a PETR4, no mesmo horário, registrava alta de 0,95% e a cotação era de R$ 27,68; às 13h13, os ganhos eram mais modestos: a PETR3 teve 0,10% de alta (cotada a R$ 29,96) e a PETR4 tinha ganhos de 0,11% (cada papel era avaliado em R$ 27,34).

 

 

Fonte: JP Notícias