A atriz já é mãe de Enzo e Sophia, de seu relacionamento com Edson Celulari.

Em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, no jornal O Globo, ela diz que ainda não sabe se ela ou outra pessoa irá gerar o bebê, mas que o plano é uma “vontade genuína” dela e do marido, o também ator Jarbas de Mello

“Jarbas não tem filho. É uma vontade que ele tem, assim como eu. Nosso casamento merece esse fruto. Acho tão legal com 53 anos poder realizar. É bacana para a gente. E acho que vai encorajar muitas mulheres também. Faz parte do plano para o segundo ato”, explicou.

Seus 35 anos de carreira serão comemorados com “Raia”, sua fotobiografia com curadoria do cenógrafo Gringo Cardia e com uma biografia escrita por Rosana Hermann, ainda sem título definido.

Tancinha tinha um brilho diferente’

Claudia, que interpretou Tancinha, de “Sassaricando” (1987), uma das personagens mais emblemáticas de sua carreira, falou ainda sobre o convite que recebeu de Silvio de Abreu para a trama, reexibida no canal Viva. Ela avalia que sua trajetória “é dividida em antes e depois” da novela.

Na época, a atriz estava trabalhando em “O outro”, que, segundo ela “não teve sucesso nenhum”. Foi naquela época que encontrou o autor.

“Ele passou no meio do corredor da Globo e me chamou: ‘Olá, eu sou Silvio de Abreu. Estou escrevendo uma personagem para você na minha próxima novela das sete e eu prometo que será um dos grandes sucessos da sua carreira. Você é muito talentosa’. Eu achei fofo demais, fiquei grata. Então, ele me deu a Tancinha, que não era uma protagonista, mas tinha um brilho diferente”, relembra.

Até hoje, ela conta, os bordões da personagem e seus erros gramaticais são lembrados quando é abordada por fãs. A atriz ainda relembrou um bastidor envolvendo o figurino da personagem.

“Antes de a novela começar a ser gravada, quando a figurinista mostrou para o Silvio as roupas escolhidas, ele disse: ‘Não! Não é nada disso! Eu não quero ela de sutiã com o peito para cima na bandeja! Eu quero ela sem sutiã, que o peito balance como o da Sophia Loren’ (atriz italiana). Aí ele foi à feira com a esposa, a Maria Célia, e encontrou umas blusas com esses tecidos bem fuleirinhos, com aquelas florezinhas e tal. Jogou quatro ou cinco conjuntos na mão da figurinista e disse: ‘É isso com um tamanco no pé!.”

Segundo ela, “foi com essa simplicidade” que o público foi conquistado.

Fonte: UOL