Técnicos da agência reguladora pediram informações sobre as pesquisas que avaliam benefícios de uma nova dose do imunizante.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizou, nesta sexta-feira (27/8), uma reunião com o laboratório Janssen para discutir informações sobre o andamento dos estudos que avaliam os benefícios de doses de reforço da vacina desenvolvida pela farmacêutica.

A Anvisa solicitou que a empresa apresente os dados em processo de submissão contínua, ou seja, a medida em que eles forem sendo concluídos. O imunizante da Janssen é o único aprovado no Brasil para a aplicação em dose única.

Na quarta-feira (25/8), a farmacêutica divulgou para a imprensa mundial um primeiro estudo sobre o assunto. De acordo com a farmacêutica, a administração de uma dose a mais do imunizante seis meses após a aplicação da primeira pode gerar um aumento de anticorpos de até 9 vezes.

De acordo com a Anvisa, até o momento, não há dados conclusivos sobre necessidade de doses de reforço da vacina, nem sobre o seu uso como dose de reforço para pessoas que tomaram outros imunizantes.

No encontro, ficou acordado que a Anvisa e a Janssen terão uma agenda permanente para acompanhar os dados que estão sendo levantados sobre uma possível dose de reforço.

Fonte: Metrópoles