O leilão, que será o maior já realizado em tecnologia pela agência, está marcado para o dia 4 de novembro.

Nesta quarta-feira, 27, empresas apresentam à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) suas propostas para o 5G. O leilão da quinta geração de serviços móveis está marcado para o dia 4 de novembro. O certame deve envolver R$ 50 bilhões e o governo ficaria com R$ 10 bilhões em outorgas, mas os valores pode subir. As contrapartidas previstas no edital apontam para R$ 39 bilhões em investimentos, mas a Anatel espera investimento em infraestrutura no 5G de R$ 163 bilhões, com a venda de todos os lotes. O edital divide quatro faixas de frequência, o maior leilão já realizado pela Anatel na tecnologia que pretende revolucionar a internet. As capitais do Brasil receberão a quinta geração em 2022.

Fonte: JP Notícias