Todos os estudantes da rede pública vão receber o livro, cujos conteúdos reforçam o aprendizado

Preocupada em alcançar os estudantes que não dispuseram de recursos tecnológicos para acessar os conteúdos do “Aula em Casa”, a Secretaria de Estado de Educação e Desporto disponibilizou, a todos os alunos do Ensino Médio, o Guia do Estudante, que é um apostila impressa com os conteúdos que foram transmitidos. Os aluno da Escola Estadual (EE) Dr. José Milton Bandeira, na zona norte de Manaus, foram os primeiros a receber o material, nesta terça-feira (1º/09).

O material didático foi todo produzido pela equipe do Centro de Mídias da Educação do Amazonas (Cemeam) e também irá contemplar os estudantes do Ensino Fundamental. As apostilas reúnem assuntos abordados no programa “Aula em Casa”, bem como as dinâmicas locais de interatividade e atividades complementares. O material conta ainda com gabaritos comentados das atividades, em formato digital, com acesso por meio de QR Code, para dar suporte ao professor e aos alunos.

A estudante Maria Eduarda Melo, cursa a 1ª série, ficou satisfeita em receber mais um material de apoio, já que algumas vezes não conseguiu estudar. “Eu fazia uns exercícios, mas nem sempre podia acompanhar o programa na televisão, porque a mãe chama para ajudar em uma coisa, a avó com outra, aí acaba perdendo o foco. Quando eu soube que iam voltar as aulas presenciais eu consegui focar mais, estudar mais. Acho que essa apostila vai ser ótima porque tem explicações, e a gente pode ler em casa, revisar”, avaliou a jovem.

O colega dela, Weferson Ferreira, que cursa a 2ª série, acredita que será um grande reforço para alunos que, diferente dele, não puderam se dedicar às aulas on-line durante a suspensão das aulas presenciais.

“Eu estudava com meu celular mesmo, assistia às aulas por ele. Os professores mandavam exercícios e o meu pai me ajudava a estudar, foi legal porque ele me ajudou bastante. Agora, quando voltamos, entregamos os trabalhos, os exercícios, e agora o Guia do Estudo vai ajudar quem não conseguiu estudar porque não tinha celular ou computador, o que é importante também”, opina o estudante.

A gestora da EE Dr. José Milton Bandeira, Marlen Müller, diz que a unidade foca em dar conteúdos que ajudarão os alunos nos vestibulares. Ela conta ainda que, dos 1.050 alunos, que estão divididos nos grupos A e B, 80% estão frequentando as aulas desde o dia 10 de agosto.

Ela conta ainda que o trabalho pedagógico está surtindo efeito e que a própria escola tomou iniciativa de procurar alunos em potencial evasão, tudo para garantir que o ano letivo não fosse perdido.

“Nós começamos a ir atrás dos alunos antes mesmo de a Secretaria de Educação lançar o Busca Ativa, e com isso nós trouxemos 80% dos alunos para a escola. Esse Guia de Estudo é um fortalecimento, porque aqui contém todas as disciplinas e ele pode, de uma maneira mais eficaz, correr atrás daquilo que ele perdeu e veio ajudar muito, com certeza”.

FOTOS: Eduardo Cavalcante/Secretaria de Estado de Educação e Desporto