Lucas, do BBB 21, possui uma condição chamado a atenção dos telespectadores: as falhas no couro cabeludo. Saiba mais sobre a alopecia.

Logo no início do Big Brother Brasil 21, surgiram dúvidas quanto ao cabelo de um dos participantes: Lucas Penteado. O ator, que passou alguns momentos estressantes com outros confinados, possui alopecia, perda de cabelo em áreas que deveriam estar preenchidas.

Segundo a dermatologista do Hospital Santa Catarina, Dra. Rafaella Caruso, existem diversas manifestações e causas da doença, mas é importante diferenciar entre a cicatricial, na qual ocorre a destruição do folículo, e a não cicatricial, quando pode ocorrer uma recuperação.

Dentre os principais tipos, a alopecia areata é causada por fatores autoimunes ou sistema emocional abalado, que se manifesta por uma queda intensa em determinadas áreas. “Por algum motivo, não sabemos direito o porquê, o paciente desenvolve essa própria agressão, inflamando o fio e provocando a queda”, conta a profissional, que ressaltou que o problema pode atingir homens e mulheres.

Também tem a androgenética, conhecida como calvície, causada por fatores genéticos relacionados à taxa de testosterona no sangue, logo, mais comum em homens. Nesse caso, Rafaella explica: “Os fios sofrem um processo de afinamento, temos uma diminuição no número de folículos e o paciente sente que está ficando com cada vez menos cabelo”.

O principal sinal indicativo da alopecia é a perda de mais de 100 fios de cabelo por dia ou quando é possível visualizar facilmente o couro cabeludo em determinadas partes da cabeça, geralmente são falhas circulares, meio ovaladas.

Algumas causas comuns são: uso de medicamentos, estresse, produtos químicos, má alimentação, herança genética, menopausa, doenças e condições subjacentes. “Tem alguns gatilhos emocionais. Estresse emocional é sempre muito citado. Esses gatilhos podem desencadear ou progredir a doença”, complementou a médica.

Fatores como idade, disfunções hormonais, gravidez, excesso de vitamina A, deficiência de vitamina B12, proteínas e alguns minerais ainda podem potencializar o quadro.

Por fim, vale ressaltar que a avaliação médica é imprescindível para identificar e tratar a doença da maneira mais adequada.

Fonte: Alto Astral