O encontro foi agendado pela deputada federal Bia Kicis (PSL), ex-líder do governo no Congresso Nacional. Além de Afrânio, também estiveram presentes diretores da rede de restaurantes e sócios.

No cardápio, havia uma salada variada, três pratos nos quais o principal ingrediente vem bem cozido, já que sabiam que o presidente tem aversão a peixe cru.

Essa característica ficou explícita quando, em visita ao Japão em outubro do ano passado, ofereceram a ele sashimi. O presidente rejeitou, dizendo que só comia “peixe frito”.

A reportagem tentou contato com a assessoria do restaurante, mas ainda não obteve retorno. O espaço continua aberto para as manifestações. O Planalto não havia comentado o assunto até a última atualização deste texto.