A  votação da LDO deve ser demorada e discutida de forma minuciosa.

A quinta-feira (20) promete ter intensos debates na Assembleia Legislativa do Amazonas com a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que define regras e valores a serem usados por órgãos públicos em 2021.

A votação deveria ter acontecido na quinta-feira passada, mas foi adiada para terça-feira (17), conforme foi anunciado pela vice-presidente da Aleam, deputada Alessandra Campelo.

Na terça-feira, a análise da LDO foi adiada para quarta-feira, mas devido a falta de entendimento entre os deputados, a matéria foi adiada para hoje (quinta-feira).

Devido ser um projeto altamente técnico e que mexe com o orçamento do Estado, a votação da LDO deve ser demorada e discutida de forma minuciosa.

O relator da LDO, deputado estadual Saullo Vianna, disse que abriu diálogo com os poderes Executivo e Judiciário e demais órgãos públicos para definir os valores dos repasses de recursos ao longo de 2021.

“O relatório está finalizado. Ouvimos todos os setores que têm participação na LDO, mesmo assim o projeto pode sofrer alterações no plenário durante a votação desta quinta-feira”, afirmou Saullo.

Além da LDO, a Assembleia retomará a votação dos projetos que ficaram na pauta da última quinta-feira, quando os trabalhos foram suspensos. A previsão é que sejam analisados mais de 30 projetos que estavam na pauta da reunião da semana passada.