Livros são um poço de aprendizado. Seja o gênero que for, as páginas das publicações envolvem o leitor e carregam sensações, aromas, memórias e sabores encrustadas nas histórias que trazem. Quando o assunto é gastronomia, não é diferente: o universo do paladar pode invadir a cabeça de quem lê e até deixar com água na boca.

No caso dos vinhos, além de adentrar no mundo das uvas, o leitor pode aprender com dicas teóricas e práticas o básico sobre o assunto. Para te ajudar, o Metrópoles elencou seis bons livros para quem quer dominar as taças. Confira:

Expert em vinhos em 24 horas, de Jancis Robson

Jancis Robinson explica de forma didática e prática como escolher um bom vinho. Sugere maneiras de fazer uma degustação com os amigos afinal, a melhor maneira de curtir uma bela garrafa é na companhia de quem se gosta. Na obra há 10 dicas para escolher a garrafa certa, quanto deve-se pagar por cada uma e como combinar vinho e comida.

Viagens, vinhos, histórias, de Milton Mira de Assumpção Filho

O objetivo desta obra é mostrar como programar e visitar regiões vinícolas, mesmo não sendo um grande especialista em vinhos. O conceito básico deste guia é oferecer ao leitor recomendações e sugestões, para que possa programar melhor suas viagens para as regiões vinícolas em vários países, mesmo sendo um simples apreciador de vinhos.

Os segredos do vinho – Para iniciantes e iniciados, de José Osvaldo Albano do Amarante

Este é o mais completo livro sobre vinhos já escrito no Brasil. Além de fornecer ao leitor todas as dicas para que ele compre, armazene e consuma seus vinhos de forma correta, harmonizando-os com todos os tipos de comida, a obra – agora em edição revista, atualizada e ampliada – explica a arte da produção de vinhos e traz informações detalhadas sobre os principais países produtores. Inclui tabela das melhores safras do mundo.

Vinho Branco: O prazer é todo seu, de Sérgio Inglez de Sousa

Seguindo o roteiro de degustação elaborado pelo enófilo Sérgio Inglez de Sousa, qualquer pessoa vai saber exatamente o que apreciar no vinho e como anotar suas impressões nas 100 fichas de degustação, que fazem parte do livro, bem como terá à disposição um roteiro completo para a degustação, tudo o que é necessário para entender as informações contidas nos rótulos e os detalhes que permitem apreciar as qualidades do vinho branco.

1001 Vinhos para Beber Antes de Morrer, de Neil Beckett

Com bom humor e um leve toque de ironia, Neil Beckett, crítico de vinhos e editor-chefe da revista britânica The World of Fine Wine, propõe um desafio aos leitores do livro 1001 Vinhos para Beber Antes de Morrer: experimentar os mais de mil títulos avaliados e recomendados por ele enquanto ainda se está vivo.

Enciclopédia do Vinho, de Hugh Johnson

A Enciclopédia do Vinho tem como premissa ser nada mais, nada menos, do que fonte de diversas informações sobre a bebida. Prova disso é que ela reúne mais de 6 mil exemplares com os dados de uvas utilizadas, características de cada rótulo e o processo de elaboração dos vinhos. Todos eles são listados em ordem de recomendação para os leitores consumirem e adquirirem.

Fonte: Metrópoles