O Dia da Consciência Negra, celebrado no dia 20 de novembro, nesta sexta-feira, é feriado em alguns locais do Brasil, mas não em todos. No total, são 832 cidades brasileiras dos 5.570 municípios do país que consideram a data um feriado. Isso porque, mesmo sendo comemorada oficialmente desde o ano 2011, pela Lei 12.519, que instituiu o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, ela não entrou para os calendário de feriados nacionais, devido ao Congresso nunca ter legislado sobre o tema. Desde 2003, o dia foi incluído no calendário escolar.

Este ano, devido à pandemia da covid-19, São Paulo, que é uma das cidades onde é feriado na data, terá um dia normal, já que a comemoração foi antecipada para o dia 21 de maio deste ano, para tentar antecipar os índices de isolamento social. No Rio de Janeiro, outro município que a data consta no calendário de feriados continuará tendo o dia de folga.

Em alguns municípios da região Nordeste, como os 102 de Alagoas e as cidades de Serrinha e Alagoinhas na Bahia tem o dia de descanso. No estado de Pernambuco, o dia não é feriado.

O que é o Dia da Consciência Negra?

A data remete ao dia em que Zumbi dos Palmares, considerado símbolo de liberdade, resistência da luta da população negra do país, morreu no dia 20 de novembro de 1965. Ele foi um dos heróis no combate à escravidão no Brasil e faleceu enquanto defendia seu povo no Quilombo dos Palmares, núcleo mais conhecido de resistência negra à escravidão no Brasil.

Zumbi foi capturado na infância e criado por um padre. Com 12 anos, ele já sabia falar latim, mas o principal para ele sempre foi a luta pela liberdade.

O dia é uma homenagem que faz pensar na valorização do povo afro- brasileiro

fonte : rádio jornal Pernambuco